A maior parte da área agrícola do mundo é para a alimentação animal

01 agosto 2022

O consumo de carne duplicou em duas décadas e, apesar de algum abrandamento, mantém a tendência para crescer.

No debate sobre como se pode alimentar perto de dez mil milhões de pessoas em 2050, surge frequentemente a questão do consumo de carne – que duplicou no mundo nos últimos 20 anos, atingindo 320 milhões de toneladas em 2018 e que se prevê que aumente mais 13% até 2028, segundo o Meat Atlas 2021, elaborado pela fundação Heinrich Böll Stiftung.

A organização ecologista Greenpeace denunciou em 2019 o facto de 71% dos solos agrícolas da União Europeia (125 milhões de hectares na altura) serem usados para a alimentação animal, o que coloca o bloco europeu entre os maiores produtores do mundo, com uma média anual de 23 mil toneladas só de carne de porco (a China produz 50 mil).

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Público

 

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.