“Um leite por inteiro, sem tirar nem pôr”

03 junho 2020

Já chegou ao mercado o novo Leite Inteiro da Terra Nostra, que vem complementar a gama de Leite de Pastagem. Trata-se de um leite de “vacas felizes”, que vivem ao ar livre e comem erva fresca 365 dias por ano. Mas o seu fator mais distintivo é ser um leite onde não se retira a nata, nem é acrescentado qualquer ingrediente. Assim, retém todas as vitaminas de alto valor nutricional, é rico em proteína, cálcio e iodo, fonte de fósforo e vitamina B2.

Em 2015, a Bel apresentou um programa de sustentabilidade que se mostrou decisivo em duas vertentes: para o futuro da sua categoria de leite e para a produção leiteira nos Açores. Trata-se, claro, do Programa Leite de Vacas Felizes que veio, acima de tudo, valorizar e diferenciar a origem açoriana deste leite, de forma a criar um negócio sustentável e gerar valor para a Bel, para os produtores de leite, para os Açores e para todo o ecossistema. “O percurso do Leite de Pastagem Terra Nostra tem sido exemplar para toda a categoria de leite, uma categoria madura e com dificuldades de crescimento, onde o Leite de Pastagem veio trazer dinamismo e aumento de valor. Um conceito inovador que hoje é seguido por outros operadores, dando origem a um novo segmento de mercado”, comenta Catarina Chaves, responsável na Terra Nostra pelas categorias de leite e manteiga.

No seguimento deste programa, a marca lançou, recentemente, uma novidade. Este produto – o Leite de Pastagem Inteiro Terra Nostra – tem como objetivo reforçar o fator de inovação intrínseco à Terra Nostra, mas não só. Numa altura em que nos preocupamos cada vez mais com uma alimentação saudável, em que procuramos por um regresso às origens, àquilo que a natureza nos oferece sem interferências, nem manipulações, este leite vem responder a esta busca. Pois, o leite inteiro mantém as suas propriedades, tal como a natureza nos dá. “No leite inteiro, não só não retiramos a nata como não é acrescentado qualquer ingrediente, retendo, assim, as vitaminas
de alto valor nutricional, fonte de fósforo e vitamina B2.

Um leite por inteiro, sem tirar nem pôr. Um leite naturalmente mais saboroso, que repõe as energias necessárias para os dias repletos de atividade e promove a saciedade. Um leite naturalmente rico em proteína e cálcio, em especial para os mais pequenos crescerem, parceiro da Associação Portuguesa de Nutrição. O Leite de Pastagem Inteiro Terra Nostra é produzido através dos mesmos critérios de qualidade, mas a este produto não lhe é retirada a nata, sendo um produto nutricionalmente igual ao que nos é entregue pelo produtor certificado”, refere a responsável.

Em geral, o leite é um produto alimentar com um público abrangente, incluindo todas as faixas etárias. No entanto, no que se concerne ao leite inteiro, a Terra Nostra identificou a oportunidade de direcionar para um público mais jovem, dando destaque aos diversos benefícios nutricionais que este tipo de leite tem para oferecer. De acordo com Catarina Chaves, o consumidor português está, hoje, cada vez mais preocupado com a sua saúde e estilo de vida e isso reflete-se no bem-estar dos seus e a importância das crianças comerem bem e de forma equilibrada. “Vários estudos demonstram, ainda, que o consumo de leite inteiro está associado a um menor risco de desenvolvimento de obesidade na infância. Pelo facto do leite inteiro ter maior concentração de gordura, o organismo, após a sua ingestão, fica saciado por mais tempo, limitando a ingestão de outros alimentos, nomeadamente daqueles com maior riqueza em açúcares, sal e gorduras não saudáveis. Em muitos países europeus, o leite inteiro é a variedade mais consumida por toda a população”.

Fazer o bem, bem feito
O Programa Leite de Vacas Felizes está no coração da Terra Nostra e do seu propósito enquanto marca responsável. Nasceu com o objetivo de criar valor para os Açores e já conseguiu o reconhecimento internacional. Nomeadamente, pelo valor e diferenciação que o programa aporta, foi premiado como um exemplo a seguir pela organização não governamental Compassion in World Farming (CIWF).

Todos os resultados positivos que se têm conquistado devem-se, em grande parte, ao elevado grau de exigência do programa e à sua diferenciação. “Acreditamos que estamos a fazer o bem, bem feito para toda a cadeia de produção, através das melhores práticas de produção leiteira, e não temosdúvidas que isso se reflete na performance e força da marca.

Incentivamos a utilização de práticas agrícolas naturais, a pastagem com alimentação à base de erva fresca durante 365 dias por ano. Recentemente, foi desenvolvido pela Terra Prima um estudo de pegada ambiental das nossas explorações, em comparação com explorações convencionais, onde os animais são mantidos em estábulo com alimentação à base de ração. O estudo confirma que as nossas explorações apresentam uma redução da pegada de carbono superior a 30%. A pastagem ao ar livre, para além de ser mais sustentável, é um método mais natural, contribui para uma melhor saúde das vacas (felizes), resultando também num produto com características nutricionais diferentes e nutricionalmente rico”, explica.

Um dos objetivos da marca, em matéria da sustentabilidade, é aliar uma atuação responsável à criação de valor em toda a cadeia. Daqui resulta a missão da marca: fazer o bem, bem feito. Este é um pilar levado a sério nas mais diferentes áreas, desde a redução da pegada ambiental dos produtores de leite à redução energética da fábrica, à forma como é pensada a inovação, as embalagens, entre outros fatores.

A Terra Nostra acredita que, acima de tudo, é necessária consistência em toda a marca e em tudo aquilo que esta faz para se conseguir mobilizar e promover uma mudança sustentável. “Estamos orgulhosos da caminhada que a marca tem feito, nos últimos anos, enquanto marca verde com elevados standards de sustentabilidade, contribuindo para a valorização dos Açores e dos nossos produtores de leite”, confessa Catarina Chaves.

Futuro
Para a Terra Nostra, no âmbito da produção leiteira, o caminho será continuar esta estratégia de valorização do sector dos lacticínios através do Programa Leite de Vacas Felizes. Ou seja, a melhoria contínua da cooperação com os produtores e com parceiros comprometidos com a missão da marca. “Contamos aumentar progressivamente o número de produtores certificados, contribuindo para a valorização da produção leiteira. Paralelamente, continuamos a trabalhar para reduzir a nossa pegada ecológica na ilha das vacas felizes e oferecer a todos o melhor da ilha, com a maior naturalidade possível”, afirma Catarina Chaves.

O Leite de Pastagem Inteiro Terra Nostra é a mais recente aposta da marca na categoria do leite e irá contar com uma forte vaga de comunicação em digital e ponto de venda, mas a marca promete ter, em plano, vários lançamentos para o curto prazo. “O nosso principal objetivo é contribuir para um desenvolvimento sustentável das três categorias, queijo, leite e manteiga, respondendo às necessidades mais prementes do consumidor”, conclui.

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.