Imprimir esta página

UE financia armazenagem de lacticínios e de carne

23 abril 2020

A Comissão Europeia deu esta quarta-feira luz verde a um pacote de medidas de apoio à agricultura, com o intuito de mitigar os efeitos da crise provocados pela pandemia de Covid-19, noticia a Lusa.

A União Europeia (UE) irá assumir os custos da armazenagem privada de lacticínios e de carne. Esta medida permite aos produtores darem conta do excesso de oferta no mercado com o retirar de circulação de produtos entre um período de dois a três meses e de cinco a seis meses.

O executivo da EU autorizou ainda medidas de auto-organização do mercado pelos produtores dos setores mais afetados, frutas e produtos hortícolas, azeite, apicultura e vinho. A agência Lusa refere que esta medida permite “reorientação de fundos para medidas prioritárias de gestão da crise nestes setores”. Também foram derrogadas excecionalmente regras da concorrência europeia, permitindo que os setores dos laticínios, da floricultura e das batatas articulem medidas coletivas para estabilizar os mercados, o que passa pela retiradas dos produtos do mercado ou financiando ao armazenamento privado.

FONTE: Revista Hipersuper