Mimosa, Gresso as marcas mais escolhidas em Portugal

16 julho 2019

A Mimosa continua a ser a marca de Fast Moving Consumer Goods (FMCG) mais escolhida pelos consumidores em Portugal, pela sexta vez consecutiva. De acordo com o relatório anual global das marcas mais escolhidas, o “Brand Footprint” da Kantar, a Mimosa foi retirada das prateleiras 34 milhões de vezes.

Esta marca foi seguida pela Gresso e pela Compal, que foram retiradas das prateleiras 14 e 12 milhões de vezes, respetivamente.

O top 10 das marcas mais escolhidas em Portugal inclui também a Nobre (4.ª), a Delta (5.ª) e a Terra Nostra (6.ª). Milaneza, Renova, Agros e Colgate ocupam as restantes posições.

As marcas mais escolhidas em Portugal

 

Fonte: Brand Footprint da Kantar

O ranking Brand Footprint mede quantas vezes as marcas FMCG são compradas no ponto de venda. Mede quantos lares compraram cada marca e quantas vezes o fizeram durante um ano. Entre as 50 marcas mais escolhidas em Portugal, a Dan Up foi a marca que mais cresceu em Consumer Reach Points (50%), que lhe permitiu subir 26 posições no ranking, situando-se agora na 38.ªposição. A Bimbo, este ano, foi a segunda marca que mais cresceu em CRP’s (no ano passado tinha sido a primeira), permitindo-lhe passar para a 19.ª posição. Marcas como Comfort e Cif (ambas da Unilever) cresceram entre 20% e 30% por cento em CRP’s e Cigala (arroz), Penacova, Cemporcento e Gresso cresceram entre 10% e 20%.

Apesar da maior parte das marcas presentes no top 50 serem de alimentação e bebidas, existem também marcas de higiene e beleza e de cuidado do lar. A Colgate e Nivea são as únicas marcas de higiene e beleza presentes no top 50 e as mais escolhidas em Portugal neste sector, estando na 10.ª e 13.ª posição, respetivamente. Relativamente ao cuidado do lar, Renova (8.ª), Cif (26.ª), Fairy (31.ª), Sonasol (33.ª) e Comfort (47.ª), sendo também as únicas marcas de cuidado do lar presentes no top 50. “O ranking Brand Footprint da Kantar mostra claramente que as marcas que aumentam a sua base de compradores conseguem alcançar o crescimento. Num mercado de soma zero como o FMCG em Portugal, é crucial que as marcas continuem a diferenciar-se e a apostar em estratégias de conquista de novos consumidores, sendo este o ‘driver’ fundamental para uma performance positiva” afirma Marta Santos, Manufacturers Sector Director.

Fonte: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline