Existências públicas de leite em pó desnatado foram vendidas

25 janeiro 2019

Na sequência do último concurso para venda de existências públicas de leite em pó desnatado, já foram vendidas 99 % das existências totais compradas e geridas pela Comissão. As existências foram escoadas com prudência, por forma a manter o equilíbrio do mercado e apoiar a recuperação do setor do leite, após a crise do mercado em 2015-2016.

No total, a Comissão Europeia tinha adquirido 380 000 toneladas de leite em pó desnatado entre 2015 e 2017, através de uma intervenção pública destinada a estabilizar o mercado e a apoiar o rendimento dos produtores. No final de 2016, a Comissão abriu um processo de concursos públicos mensais e mais tarde quinzenais para voltar a colocar de forma cautelosa esses produtos no mercado.

Phil Hogan, comissário responsável pela Agricultura e pelo Desenvolvimento Rural, declarou: «O mais recente concurso vem dar claramente razão à prudente abordagem da Comissão relativamente à gestão das existências de leite em pó desnatado, tendo 99% sido comercializadas com êxito. O meu objetivo foi, a todo o momento, utilizar a intervenção pública como uma medida para proteger os rendimentos dos produtores, e nessa medida resistimos aos apelos ao longo dos últimos três anos para reduzir as existências de diversas formas, incluindo a simples destruição dessas existências. Nenhuma destas opções teria permitido obter os resultados que conseguimos alcançar. Em vez disso, a nossa paciente abordagem garantiu não só a proteção dos rendimentos dos produtores europeus de leite como também dos interesses do contribuinte europeu. A intervenção pública com o leite em pó desnatado revelou-se um instrumento eficaz, em especial quando utilizada de forma responsável e efetiva, e os concursos de hoje e anteriores constituem uma clara demonstração do compromisso assumido pela Comissão Europeia no sentido de apoiar os produtores europeus quando as circunstâncias o exigem. Ilustra igualmente o facto de que a política agrícola comum já contempla uma rede de segurança eficaz em caso de perturbação do mercado como aquela a que assistimos entre 2014 e 2016.»

Dois anos depois de o processo ter sido lançado, os armazéns ficaram vazios e o preço do leite está mais elevado, atingindo 36 cêntimos por kg, em comparação com 26 cêntimos por kg no verão de 2016.

O concurso está documentado em linha de modo totalmente transparente no portal do Observatório do Mercado do Leite. Com a venda hoje de 18 514 toneladas, ficam menos de 1 % das existências originais de leite em pó desnatado, restando 4 000 toneladas das 380 000 toneladas iniciais. Dos 14 Estados-Membros que estavam a armazenar leite em pó desnatado em nome da Comissão, só 4 dispõem ainda de pequenas existências.

O próximo concurso público terá lugar em 7 de fevereiro.

Mais informações Ficha de informação «Gestão do mercado dos produtos lácteos da UE no período de 2014-2019»

Observatório do Mercado do Leite Panorâmica das existências e dos concursos

FONTE: Comissão Europeia

 

 

 

 

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline