Mais oferta e exportações menores resultam em nova queda no GDT

09 novembro 2018

Foi realizado o mais recente leilão GDT (Global Dairy Trade). No evento, o índice de preços caiu pela 11ª vez consecutiva - dessa vez em 2% - trazendo o preço médio de negociação a US$ 2.851/tonelada, 1,1% menor do que o apresentado no leilão passado, e 8,2% inferior ao evento correspondente de 2017. Observe o gráfico 1, com a evolução do preço médio e das variações leilão a leilão.

Gráfico 1. Preços médios e variação no índice de preços em relação ao leilão anterior. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint Mercado a partir dos dados da Global Dairy Trade.

O volume negociado no GDT segue em crescimento, ajudando a evidenciar a boa disponibilidade de leite na Nova Zelândia. Neste leilão, 42.412 toneladas foram negociadas, o maior volume para um único leilão desde novembro de 2014, 21% a mais do que o mesmo evento do ano passado.

Favorecida pelo clima favorável no início da safra, a produção neozelandesa tem sido maior na safra 2018/19. Até o momento, o volume acumulado da safra é 5,8% maior do que no mesmo período da safra passada, em um momento onde as exportações do país estão desacelerando, como mostra o gráfico 2.

Gráfico 2. Variação anual das exportações dos principais exportadores (em equivalente leite). Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da USDEC.

Dessa maneira, para o leilão dessa terça, o leite em pó integral (LPI), a manteiga e o queijo tiveram variação negativa em relação ao leilão anterior. O preço médio do LPI foi de US$ 2.655/tonelada (-2,9%), o da manteiga US$ 4.045/tonelada (-1,7%) e o do queijo de US$ 3.250/tonelada (-4,6%). Já no leite em pó desnatado (LPD) ocorreu uma valorização, com o LPD sendo negociado a US$ 1.977/tonelada (+1,2%).

A combinação da queda sucessiva de preços do LPI nos últimos leilões com o aumento de produção de leite na Nova Zelândia, fez o país começar a direcionar o excedente de leite captado para as plantas de queijos, causando um excesso de oferta de queijos.

Em relação aos contratos futuros, com exceção de dezembro, os preços do NZX aparecem mais valorizados em relação aos preços futuros do GDT.

Gráfico 3. Contratos futuros de leite em pó integral – GDT vs. NZX. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da Global Dairy Trade e New Zeland's exchange.

Além da forte desvalorização do queijo chamar a atenção para o leilão dessa terça, a queda nos preços futuros de queijo desse GDT em relação ao leilão anterior também fica em destaque, especialmente em janeiro, queda a qual se mostra contínua até março de 2019.

Gráfico 4. Variação de contratos futuros de queijo em relação ao leilão (GDT) anterior. Fonte: Elaborado pelo MilkPoint a partir dos dados da Global Dairy Trade.


FONTE: Milkpoint

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline