ANCOSE quer repor “60 a 70 por cento” dos animais

14 setembro 2018

A Associação Nacional de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) já procedeu à entrega de 400 borregas aos pastores que perderam animais no grande incêndio, e espera chegar às “800 borregas doadas”.

Manuel Marques, presidente da direção da ANCOSE disse hoje na Rádio Boa Nova que o objetivo da associação é “repor entre 60 a 70 por cento” dos animais perdidos no incêndio de 15 e 16 de outubro. Segundo o dirigente, o Centro de Recria que entrou em funcionamento na ANCOSE, logo após a tragédia, já possibilitou a entrega de 400 borregas aos pastores afetados pelo incêndio, mas o objetivo é chegar “às 800 borregas doadas”. “São números muito positivos para a Ancose e seus associados”, observa Manuel Marques, que neste processo tem contado com vários apoios que possibilitam a aquisição de borregas para o centro de recria, com o objetivo de depois serem doadas aos pastores.

Como forma de incentivar a atividade, a Ancose também não hesita em repartir os proveitos próprios com os pastores. Na Rádio Boa Nova, Manuel Marques informou que em Novembro a ANCOSE vai proceder à aquisição de “25 mil a 30 mil euros de ração” para entregar aos pastores “com o objetivo de os incentivar”. “Sentir-me-ei feliz”, contou o dirigente.

A esta altura, a ANCOSE contabiliza 30 mil ovelhas inscritas no livro genealógico e presta apoio médico-sanitário a cerca de 70 mil animais. Este é um número que Manuel Marques quer ver crescer, sob pena de se comprometer a produção do verdadeiro queijo Serra da Estrela, situação que “não é desejável”, tratando-se de uma iguaria que remonta “aos tempos ancestrais”.

Para o efeito, o responsável entende que o governo deveria disponibilizar um “apoio diferenciado” aos criadores de Ovinos Serra da Estrela, em relação aos criadores de raças exóticas. Esta é uma mensagem que Manuel Marques pretende transmitir, no próximo sábado ao secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, que deverá marcar presença na sessão de entrega de prémios e de encerramento do 33º Concurso Nacional de Ovinos Serra da Estrela que começa amanhã (dia 14) nas instalações da Ancose, em Oliveira do Hospital.

Na Rádio Boa Nova, Manuel Marques adiantou que o concurso “demonstra a vivência da Ancose e da Ovinicultura” e é um momento de “confraternização” onde os pastores se apresentam com os “seus melhores exemplares”. No concurso deverão participar cerca de 30 pastores/criadores .

FONTE: Rádio Boa Nova

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline