GDT: mercado internacional "andando de lado"

07 dezembro 2017

No último leilão GDT (Global Dairy Platform) realizado nesta terça-feira (05/12), o preço médio das negociações fechou em US$ 3.091/tonelada, com elevação de 0,4% no índice de preços e encerrou uma sequência de quatro quedas consecutivas nos leilões.

Dentre os destaques positivos, os leites em pó se recuperaram das quedas do último leilão, com o integral fechando a US$ 2.830/tonelada e o desnatado a US$ 1.774/tonelada, alta de 1,7% e 4,7% respectivamente. Além disso, o leitelho em pó subiu 4,3% (fechando em US$ 1.957/tonelada) e a caseína registrou elevação de 3,4%, cotada a US$ 4.879/tonelada.

Dentre as quedas, os queijos registraram redução de quase 4%, fechando a US$ 3.696/tonelada, mas o grande destaque ficou com a manteiga. Ao cair mais de 11% neste leilão, o produto ficou abaixo dos US$ 5.000/tonelada pela primeira vez em quase sete meses, e fechou cotada a US$ 4.575/tonelada. Alguns destes produtos têm seu histórico no gráfico 1.

Nos contratos futuros do leite em pó, o cenário ainda é semelhante ao dos últimos leilões, com a chegada do pico da safra da Nova Zelândia e o aumento de oferta da União Europeia e dos EUA suprindo a elevação de demanda chinesa. Contudo, após as fortes retrações no último leilão, este foi marcado por altas em todos os contratos, com exceção de janeiro/18, como mostra a tabela 1.

FONTE: Milkpoint

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline