Antiga Fábrica Martins & Rebello abre portas a centenas de pessoas

08 novembro 2017

A Martins & Rebello, fábrica que encerrou em 2001, após os períodos áureos nas décadas de 60 e 70, abriu portas no passado sábado, dia 4, a centenas de pessoas.

Tratou-se de uma iniciativa "fora de portas" do Museu Municipal de Vale de Cambra que assim acolheu com um pouco de história os atletas do Trail e da Caminhada da Castanha (eventos inseridos na Feira da Castanha).

Desta forma, um dos mais emblemáticos símbolos da origem da indústria dos laticínios em Portugal, a Fábrica Martins & Rebello, no Pinheiro Manso (Vale de Cambra), proporcionou aos participantes uma viagem no tempo, por histórias e memórias de um Vale de Cambra antigo e que estão bem vivas, ainda hoje, no dia a dia de todos os valecambrenses.

A iniciativa contemplou uma pequena exposição, onde se ilustravam alguns aspetos da produção de lacticínios nas décadas de 1930-1940 e de 1980, além da própria evolução das instalações da fábrica ao longo do século XX, dando destaque à maqueta original do projeto de arquitetura do atual edifício. Além destes objetos, foram exibidas amostras originais de produtos produzidos pela empresa ao longo dos tempos, o que despertou grande curiosidade junto dos participantes.

A primeira constituição da sociedade Martins & Rebello é de 1906, entre António Cardoso Rebello e Alfredo Martins. A unidade fabril em Vale de Cambra empregou milhares de pessoas e sofreu um grande impulso com a construção de um edifício moderno e adaptado à produção mecanizada, noticiada inclusive pela comunicação social nacional.

Está registado que em 1942 a empresa dedicava 21.000 litros por dia de leite para a produção de queijo da marca "Pinheiro Manso", cujo rendimento anual era de 300.000 queijos, mais de 50% do todo o queijo do género consumido em Portugal e nas colónias.

Mais tarde, face à necessidade de diversificar a produção, a empresa investe em novas instalações, inauguradas em 1952, para produzirem leite condensado, lactose e ácido lácteo – posteriormente leite em pó e queijo fundido, além do Vigormalte e outros produtos dietéticos para crianças e adultos.

FONTE: Cidades Online

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
17
18
19
20
22
24
25
26
27
29
30

Redes Sociais

Top
Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.
More information