EFSA sob suspeita de conflito de interesses

09 agosto 2017

Agência Europeia de Segurança Alimentar sob suspeita de conflito de interesses

46% dos especialistas que formam os painéis científicos da Agência Europeia de Segurança Alimentar (EFSA, na sua sigla em inglês) têm conflito de interesses pela sua relação com empresas alimentares ou agrícolas, segundo um estudo publicado pelo Corporate Europe Observatory (CEO).

Este dado resulta da análise das declarações apresentadas por 211 especialistas que trabalham na EFSA, agência que presta assessoria à União Europeia em matéria de segurança alimentar e, em particular, na avaliação dos riscos dos produtos da indústria agroalimentar.

A análise apurou que 26,5% dos profissionais tem conflito de interesses direto, ou seja, recebeu dinheiro de empresas do sector ou de grupos de pressão a estas ligadas, enquanto 30,3% apresenta conflitos indiretos, ou seja, pertence a alguma organização que recebe mais de 20% do seu financiamento destas empresas ou lobbys.

Apesar de tudo, estes dados, no seu conjunto, representam uma melhoria face ao último estudo feito pela organização em 2013, quando revelou que 59% dos especialistas tinha conflitos de interesse pela sua relação com a indústria.

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
19
20
21
22
23
24
28
29
30
31

Redes Sociais

Top
Cookies make it easier for us to provide you with our services. With the usage of our services you permit us to use cookies.
More information