Empresas de refrigerantes comprometem-se a cortar açúcar em mais de 10%

02 julho 2021

A UNESDA – Soft Drink Europe, associação que representa a indústria de bebidas refrigerantes na Europa, anuncia hoje um novo compromisso: reduzir em mais de 10% a média de açúcares adicionados a este tipo de produtos, até 2025. A meta diz respeito aos 27 Estados-membros que fazem parte da União Europeia, mas também ao Reino Unido.

Segundo é indicado em comunicado, este novo corte representará uma redução geral de 33% na média de açúcares adicionados ao longo das últimas duas décadas.

Por cá, a PROBEB – Associação Portuguesa das Bebidas Refrescantes Não Alcoólicas, membro da UNESDA, garantem estar já a actuar em linha com estes objectivos, contando com o apoio da indústria de refrigerantes em Portugal. A associação adianta até que procura ir além das metas definidas a nível europeu.

Este processo envolve a reformulação de receitas já existentes e a criação de novos produtos que correspondam aos padrões traçados. Tudo isto sem colocar em causa o sabor das bebidas.

Segundo a PROBEB, está em vigor neste momento um compromisso sectorial de reformulação, assinado em 2019 com a APED, que visa reduzir em 10% os açúcares até ao próximo ano. No final de 2019, contudo, já se tinha ultrapassado este objectivo, com uma redução, em média ponderada, de 11,4%.

FONTE: Revista Marketeer

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.