Sabe onde a diabetes mata mais na Europa? É nos Açores

14 novembro 2019

O Eurostat fez as contas à taxa de mortalidade por diabetes na Europa e concluiu que as três regiões europeias onde a doença mata mais estão em Portugal, nas regiões autónomas dos Açores e da Madeira e no Alentejo.

Se a média europeia anda nas 22 mortes por 100 mil habitantes (números de 2016), há algumas regiões onde os números oficiais mostram que a diabetes faz mais de 45 vítimas em cada 100 mil habitantes, com destaque para os Açores (74), Madeira (60) e Alentejo (50). Seguem-se o Chipre (64), e Moravskoslezsko (57) e Severozápad (54), ambas na República Checa.

Em Espanha, as Canárias (47) e Ciudad Autónoma de Melilla (45), também estão perto do topo da tabela, assim como Burgenland (54) e Niederösterreich (46), na Áustria, e, em Itália, a Campânia (54), Sicília (48) e Calábria (45).

Os números do Eurostat, com base em taxas padronizadas, indicam que os valores mais baixos na Europa são registados na Roménia: Nord-Vest (5 mortes por 100.000 habitantes) e Bucareste (6), mas há 22 regiões do Reino Unido, cinco regiões na Finlândia e uma na Bélgica, Bulgária, Grécia e Lituânia onde há menos de 10 mortes por 100 mil habitantes.

O estudo do gabinete de estatísticas da UE, com números de 2016, revela que nesse ano a diabetes matou 114.400 pessoas na Europa. A diabetes é, assim, responsável, por 2% da mortalidade na Europa.

FONTE: Expresso

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.