Continente reduz sal e açúcar em 60 produtos de marca própria

30 outubro 2019

Ao longo deste ano, o Continente já melhorou a composição nutricional de mais de 60 artigos da marca própria, apontando para uma redução de 45 toneladas de sal, em produtos como batatas fritas, polpas de tomate e sopas, 200 toneladas de açúcares em iogurtes líquidos e bolachas e 25 toneladas de gorduras em iogurtes gregos.

De acordo com dados da DGS (Retrato Saúde 2018), 10% da população portuguesa é afetada pela diabetes, às quais se juntam 36% de adultos a sofrer de hipertensão e outros 57% que são obesos ou vivem em risco de obesidade, enquanto 30% das crianças tem excesso de peso e 12% são obesas. Para responder a este cenário, a insígnia decidiu passar “facilitar o acesso a produtos nutricionalmente mais saudáveis”.

Ana Alves, responsável pela Direção Comercial de Marcas Próprias do Continente, sublinha que “é essencial demonstrar às famílias portuguesas que pode ser muito fácil e barato preparar refeições saudáveis e saborosas, sendo absolutamente necessário desmistificar esta ideia pré-concebida de que a alimentação saudável é complicada e cara, para darmos um passo em frente enquanto sociedade”.

Recentemente, em entrevista à DISTRIBUIÇÃO HOJE, a responsável revelava que a insígnia iria reforçar a aposta no semáforo nutricional, presente nos produtos de marca própria do Continente. “A dificuldade de interpretação dos rótulos é uma coisa que toca um pouco a todos nós. É difícil, quando queremos escolher algum produto ou quando temos alguma necessidade específica do ponto de vista nutricional, não é fácil interpretarmos os rótulos. De facto, a maior parte das pessoas não sabe ler nem interpretar os rótulos. O semáforo não é uma substituição daquilo que é o rótulo: é um complemento (…) O semáforo tenta fazer, no fundo, uma escala, dizendo que para um alimento ser equilibrado deve ter por cada 100 gramas determinadas quantidades de açúcar, sal e gorduras saturadas. Para além disso, alerta-nos sempre que o produto está acima dessas recomendações, com um sinal encarnado, sempre que está na média ou apenas um pouco acima, com um sinal amarelo, e sempre que está abaixo, com um sinal verde.”

Marca própria Continente em números*

4000 referências;
* 1 lançamento de produto por dia (entre novidades, melhorias, substituições);
* 60% das unidades vendidas de marcas próprias do Continente são produzidas em fábricas portuguesas;
* 40% das unidades vendidas, em volume, são de marca própria. Em valor, a percentagem é de cerca de 30%;
* Até ao final de setembro de 2018:
* 90% do leite vendido já era nacional, tendo sido comprados mais de 23 milhões de litros de leite fabricado em Portugal;
* foram vendidos mais de 100 milhões de iogurtes feitos com leite nacional, fabricados em Portugal na fábrica em Castelo Branco;
* foram compradas mais de 62 milhões de cápsulas de café de produção nacional. 100% das cápsulas de café são produzidas em fábricas portuguesas (Continente e Seleção);
* 100% do gel de banho e sabonetes líquidos são produzidos em Portugal;
* 100% dos molhos de mesa da marca são produzidos em Portugal;
* 100% das batatas fritas são produzidas em fábricas portuguesas;
* 99% das conservas de peixe vendidas são produzidas em fábricas portuguesas;
* 100% da água engarrafada da marca Continente é produzida em fábricas portuguesas.

*dados referentes a 2018

FONTE: Revista Distribuição Hoje

 

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.