Alimentação infantil com vendas de €108 milhões em 2018

19 fevereiro 2019

As vendas de produtos de alimentação infantil alcançaram 108 milhões de euros nos espaços de retalho em Portugal no ano passado, o que representa um crescimento de 4% face a 2017. Este é o segmento com melhor evolução no ano passado dentro da categoria de produtos para bebé, cujas vendas em valor subiram globalmente 2%, segundo dados da Nielsen.

“Com a recente estabilização dos valores da natalidade, depois de quebras acentuadas em 2013 e 2014, seria agora esperada estabilidade do setor. No entanto, este crescimento pode ser explicado, em grande medida, pelo considerável aumento das vendas de produtos homogeneizados, como sejam boiões, saquetas e tacinhas”, explica Ana Raquel Santos, client consultant senior da Nielsen. As vendas de produtos homogeneizados aumentaram 14% em valor e 9% em quantidade.

Quanto à área não alimentar da categoria de puericultura, concretamente os produtos de higiene para bebé, esta faturou 112 milhões de euros em 2018, mantendo praticamente o mesmo valor de 2017. As fraldas ostentam o título de número um em vendas entre os produtos de higiene. “O valor de vendas promocionadas em higiene chegou aos 57%, com um ligeiro aumento face ao ano anterior. Estes produtos estão no top 10 dos mais promocionados dos Fast-Moving Consumer Goods”, acrescenta a responsável da Nielsen.

FONTE: Revista Hipersuper

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline