O desafio de fazer crescer exportações em contexto de recessão global

22 novembro 2022

O sector exportador nacional tem-se afirmado cada vez mais, fruto de uma resistência aos choques negativos assinalável, mas 2023 trará um cenário desfavorável ao comércio internacional e desafiante.

Depois do balão de oxigénio dado à economia portuguesa no pós-troika, as exportações assumiram-se como uma componente determinante do crescimento nacional e um aspeto a explorar por vários sectores, que procuram cada vez mais afirmar a marca Portugal nos mercados externos. A recuperação pós-pandemia tem sido positiva, com recordes de crescimento em vários ramos, mas a balança comercial continua negativa, mostrando espaço para melhorias – mas, num contexto de recessão, o grande desafio será perceber como.

Os dados de setembro quanto ao comércio internacional português revelam um aumento de 24,7% das exportações face a igual mês de 2021, quando a pandemia dava sinais de abrandamento, mas condicionava ainda a atividade económica nacional e global. Em cadeia, este crescimento foi de 18,8%, ao passo que o terceiro trimestre registou um avanço homólogo das vendas ao exterior de 28%.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Jornal Económico

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.