Burlas online crescem 22%

23 maio 2022

As reclamações relacionadas com burlas online aumentaram 22% de janeiro até abril, revela o Portal da Queixa, numa análise efetuada por ocasião do Dia Mundial da Internet.

A tendência de crescimento registada tem sido consecutiva, nos últimos anos, acompanhando a mesma subida de denúncias de cibercrimes que chegam à Procuradoria-Geral da República. Sites fraudulentos e casos de phishing são os principais motivos das queixas dos consumidores.

Cibercrime
Em 2021, a cibercriminalidade duplicou em Portugal, segundo os dados do Gabinete de Cibercrime da Procuradoria-Geral da República, que recebeu 1.160 denúncias, mais do dobro do que no ano anterior (544).

Entre os dias 1 de janeiro e 30 de abril, o Portal da Queixa registou uma subida de 22% do número de reclamações relacionadas com burlas online, comparativamente com o mesmo período homólogo.

Os principais motivos de reclamação dos consumidores continuam a evidenciar esquemas de burlas online relacionadas com a criação de websites clonados (cópias de lojas online de marcas) e esquemas de phishing, casos que o Portal da Queixa tem vindo a denunciar de forma recorrente.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.