Portugal no top 5 de países europeus com mais ‘interesse logístico’

07 janeiro 2022

Uma análise da consultora internacional Savills mostra que Portugal é hoje um dos cinco destinos europeus mais apetecíveis para investimento no setor logístico. Segundo a análise European Real Estate Logistics Census, apenas França, Alemanha, Espanha e Itália geram mais interesse.

Considerando que a maioria dos promotores, investidores e agentes diz ter registado, nos últimos meses, no setor logístico, um impacto positivo, os motivos desta maior procura estão, segundo o documento hoje divulgado, relacionadas com a necessidade de “reconfiguração das necessidades de armazenamento originadas pelos confinamentos e pelo consequente crescimento do e-commerce, que obrigou a uma redefinição das necessidades das capacidades de armazenamento”.

Esclarece, no entanto, a consultora que os operadores consideram que os obstáculos levantados pelo combate à pandemia, a par das incertezas quanto ao futuro, vieram condicionar a disponibilidade dos consumidores para efetuar despesa, o que levo a que “este sentimento negativo face aos impactos da pandemia tenha sido mais fortemente sentido por retalhistas, especialmente aqueles que têm uma menor presença online, e que, por isso, não têm capacidade para navegar devidamente a trajetória de crescimento do comércio eletrónico.”

“Face à reconfiguração dos padrões de comportamento no setor logístico, prevê-se o reshoring de algumas operações. Desta forma, estima-se que 68% dos operadores adotarão posturas mais cautelosas e procurarão reduzir a exposição aos riscos ainda associados à incerteza do panorama pandémico, como disrupções no transporte marítimo e o aumento do preço dos combustíveis. Esta abordagem pode verificar-se também na reorientação das atenções de muitos investidores para mercados de capitais mais core, como França, Alemanha e Reino Unido, um fenómeno que se tem observado um pouco por todo o continente europeu”, explica-se.

“Cerca de 95% dos operadores logísticos antecipam que precisarão de mais ou do mesmo espaço de armazenamento ao longo dos próximos três anos, sendo que 47% afirma que é muito provável que venha a expandir a sua capacidade de armazenamento. Os operadores 3PL são os que mais deverão expandir os seus armazéns, seguidos dos retalhistas e da manufatura. Assim, 36% dos ocupantes deverão expandir as suas instalações logísticas em mais de 40 mil m2, e 44% entre os 10 mil e os 40 mil m2”, continua o documento.

“Para os operadores logísticos, França (44%), Alemanha (43%), Espanha (39%), Itália (26%) e Portugal (24%) são os mercados que figuram no topo das preferências dos ocupantes que pretendem aumentar a sua capacidade de armazenamento na Europa, sendo mercados capazes de atrair cada vez mais investimento em logística”, finaliza-se sobre este tema.

FONTE: Logistica e Transportes Hoje

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.