300 empresas participaram na 1.ª Digital Agrifood Summit Portugal

05 fevereiro 2021

Cerca de 300 empresas estrangeiras visitaram, ao longo dos quatro dias, a primeira edição da Digital Agrifood Summit Portugal, a primeira feira virtual do sector agroalimentar nacional

que, em tempos de pandemia, serviu de montra ao sector agroalimentar português.

Estes compradores internacionais foram provenientes de 61 países, com destaque para Espanha (72), México (34), Canadá (29), Alemanha (28), Estados Unidos (27), Reino Unido (26) e Japão (25). Durante os quatro dias que o evento durou, a plataforma online onde decorreu registou quase 700 registos, dos quais cerca de dois terços pertencentes a visitantes internacionais.

A organização deste certame, a cargo do consórcio Portuguese Agrofood Cluster, no qual participam a PortugalFoods, o Inovcluster, o Agrocluster e a Portugal Fresh, em parceria com a ViniPortugal, faz um balanço muito positivo de evento, auscultadas as 74 empresas expositoras nacionais, de diversas fileiras do sector, do azeite às frutas e legumes, do vinho às conservas de peixe, dos snacks à padaria e pastelaria, entre outras.

A feira decorreu entre 20 e 23 de janeiro, mas plataforma mantém-se online até dia 20 de fevereiro para reuniões de follow-up.

Balanço
A organização da feira faz um balanço “muito positivo” e “acima das expectativas” da iniciativa, que será para continuar mesmo no futuro pós-pandemia, sendo a prova de que as empresas agroalimentares nacionais estão preparadas para o desígnio da digitalização. “O modelo online assume-se como ferramenta vital para a promoção externa, proporcionando o contacto direto com potenciais clientes, de forma ágil e dinâmica“, refere em comunicado.

Amândio Santos, presidente da PortugalFoods e responsável pelo consórcio Portuguese Agrofood Cluster, afirma que “foi feito um balanço claramente positivo por grande parte das participantes, que, em alguns casos, relatam resultados acima das expectativas. Os expositores foram ativamente contactados pelos visitantes para agendamentos de reuniões de trabalho, sendo que algumas empresas registaram uma ocupação quase total da agenda durante os quatro dias da feira. Por outro lado, o trabalho de angariação de compradores internacionais, feito em conjunto pelos canais diplomáticos nacionais e por uma empresa de consultoria internacional, foi muito apreciado, havendo uma clara sintonia entre a procura e a oferta. Não podíamos estar mais satisfeitos com os resultados”.

Frederico Falcão, presidente da ViniPortugal, parceiro da Digital Agrifood Summit Portugal 2021, refere, por sua vez que, “numa situação de quase total ausência de ações de promoção externas presenciais, a primeira edição da Digital Agrifood Summit foi, antes de mais, uma prova clara da dinâmica do sector agroalimentar nacional, que demonstrou que as empresas estão preparadas para o desafio da digitalização e que estes novos canais, mesmo no futuro pós-pandemia, poderão assumir um papel preponderante como ferramenta de apoio às ações de promoção e internacionalização do sector”.

FPNTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.