Nasceram 338 empresas de comércio online ou por correspondência

15 dezembro 2020

Entre junho e novembro, Portugal registou o nascimento de 338 empresas de comércio a retalho eletrónico ou por correspondência. A cifra representa quase o dobro do nascimento de empresas destas atividades, em relação a igual período do ano anterior, ou seja, um crescimento homólogo de 91%, revela o mais recente barómetro da Informa D&B.

“O retalho é o único setor que mantém um crescimento na constituição de novas empresas desde o verão deste ano, face ao período homólogo”, lê-se nas conclusões do barómetro. No acumulado do ano, até novembro, os restantes setores apresentam uma descida na constituição de novas empresas.

Desde o início do ano, nasceram 34.549 empresas, menos 25% do que em 2019, ano que registou um recorde neste indicador. A culpa é sobretudo da pandemia. “As novas empresas tiveram uma quebra abrupta em março e abril, logo após a declaração do primeiro estado de emergência. Após alguma recuperação durante o verão, o número de novas empresas voltou a cair a partir da segunda quinzena de setembro”, revela o estudo. No mês de novembro, foram constituídas em Portugal 2.796 novas empresas, uma diminuição homóloga de 23%.

No que diz respeito às insolvências, estas aumentaram 12%, entre junho e novembro, uma tendência que já vem desde o início do ano. Os setores de alojamento e restauração, com 271 novos casos desde janeiro, viram crescer o número de empresas insolventes, mas é o setor da indústria que continua a liderar o número de insolvências, com 556 casos desde o início deste ano. No total, registaram-se 2.134 novas insolvências, mais 5,4% do que em 2019, entre janeiro e novembro.

Nos encerramentos de empresas, o saldo é positivo. Nos primeiros 11 meses do ano, encerraram 11.462 empresas, menos 19% do que no período homólogo. “O setor dos transportes é o único a registar um aumento ligeiro de encerramentos que se deve às empresas de transporte ocasional de passageiros em veículos ligeiros”, conclui o barómetro.

FONTE: Revista Hipersuper

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.