Operadores de hipermercados criam novas vias de crescimento

23 outubro 2020

A perceção generalizada é que o canal de hipermercado se debate com dificuldades de crescimento, quer em termos da base de lojas, quer de vendas, mas os retalhistas estão a encontrar novas formas de alcançar aumentos na cesta média e de atrair clientes às lojas.

Bons exemplos
A IGD selecionou três exemplos de operadores de hipermercado que investiram nas suas lojas e que estão a implementar novas estratégias para ganhar quota.

Um desses retalhistas é a Walmart que lançou o conceito de Supercenter do futuro. Com um novo layout inspirado nos aeroportos, o objetivo é ajudar os clientes a ter uma jornada de compras mais rápida e fácil. O que passa pelo recurso à app da Walmart, que contempla iconografia e um diretório da loja que ajudam nas compras. Os clientes são encorajados a descarregá-la à entrada da loja.

Outro exemplo é dado pela Asda, que expandiu a sua estratégia de parcerias e uniu esforços ao retalhista de brinquedos The Entertainer. Desde 2019 que a cadeia britânica começou a disponibilizar nas suas lojas marcas complementares, populares entre os clientes, como a marca de acessórios Claire’s. Desde então, estas parcerias foram ampliadas e estratégia acelerada, no seguimento da mudança no comportamento do consumidor, potenciada pela pandemia, onde um crescente número de pessoas que completar múltiplas missões de compra numa única deslocação.

O terceiro e último exemplo é oferecido pela Giant, em Singapura, que remodelou 53 das suas lojas, acrescentando novas secções que destacam o seu investimento nos preços. Caso da zona $1, que contempla uma seleção de produtos para o lar, de cuidados pessoais, snacks e bebidas.

Estratégias vencedoras
De acordo com a IGD, estes exemplos demonstram quatro estratégias em que os retalhistas estão a investir nos seus hipermercados para gerar vendas incrementais e encorajar níveis de tráfego mais elevados. A começar pela modernização do layout, passando pela alocação de espaço de loja a outras marcas, pelo investimento em soluções omnicanal para melhorar a experiência de compra e pela utilização flexível do espaço para divulgar novas campanhas.

FONTE: Revista Grande Cosumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.