Vendas no comércio a retalho caem 6,6% em junho

30 julho 2020

As vendas no comércio a retalho passaram de uma queda de homóloga de 11,9% em maio, para um recuo de 6,6% em junho, revelou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O índice de volume de negócios no comércio a retalho diminuiu 6,6% em junho, em termos homólogos, menos 5,3 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o mês de maio, assina o INE, o que é justificado pelo comportamento mais positivo do índice de produtos não alimentares.

Dos grandes agrupamentos que compõem o índice de volume de negócios no comércio a retalho, o dos produtos não alimentares foi, em junho, o que menos contribuiu para a descida, com uma redução homóloga de 9,9%, que compara com uma queda de 22,4% no mês de maio.

No agrupamento dos produtos alimentares, o índice registou uma queda de 2,3% em junho, contra um aumento de 1,6% no mês anterior.

O INE refere ainda que, em termos mensais, o índice agregado registou um crescimento de 4,4%, que compara com uma subida de 14,7% no mês precedente.

Já em termos nominais, o volume de negócios no comércio a retalho aumentou 6,2 pontos percentuais, em termos homólogos, face aos mês de maio, situando-se em -9%.

Os agrupamentos de produtos alimentares e de produtos não alimentares registaram uma queda homóloga de 2% e 14,4%, respetivamente (variação nula e de -27,3% em maio, pela mesma ordem), segundo o INE.

No segundo trimestre deste ano, as vendas no comércio a retalho caíram 13,6% em termos homólogos, contra um aumento de 2,2% no trimestre anterior, sendo que os índices dos agrupamentos de produtos alimentares e de não alimentares recuaram 1,8% e 22,6%, respetivamente, taxas inferiores em nove p.p e 21 p.p. às observadas no mês anterior.

Os índices de emprego e remunerações apresentaram, ambos, quedas homólogas de 3,2% e o índice de horas trabalhadas diminuiu 10,7% (-3,5%, -4,0% e -22,1% em maio, pela mesma ordem).

FONTE: ECO Economia Online

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.