Mercadona adia abertura de supermercados em Portugal

17 março 2020

A loja de Aveiro, que devia ser inaugurada na próxima semana, vai continuar de portas fechadas devido à covid-19. Seria a primeira de dez aberturas programadas para este ano pela marca espanhola deste lado da fronteira.

A Mercadona decidiu adiar a abertura do primeiro supermercado em Aveiro, localizado na Avenida Europa (Estrada Nacional 109), que estava prevista para a próxima terça-feira, 24 de março. A decisão é justificada pelo "estado de alerta declarado devido à covid-19".

Esta era a primeira de dez aberturas programadas para 2020 por parte da retalhista espanhola, que arrancou o processo de internacionalização deste lado da fronteira. Em 2019 abriu a primeira dezena de lojas nos distritos do Porto, Braga e Aveiro.

Sem informações sobre a data de inauguração, na lista de localizações que tinham sido confirmadas para este ano estão Paços de Ferreira, Aveiro, Trofa, Águeda, Penafiel, Santo Tirso, Ermesinde e Viana do Castelo, além de uma segunda unidade no concelho aveirense.

"A Mercadona está a concentrar todos os seus esforços em proteger a saúde e segurança dos seus colaboradores e clientes e em oferecer um serviço e o sortido necessário para que os nossos Chefes [clientes] façam a sua compra habitual", sustenta a empresa.

Como o Negócios noticiou esta segunda-feira, 16 de março, os supermercados da companhia sediada em Valência passaram a estar abertos apenas das 9h às 20h, com um máximo de 80 clientes em simultâneo e várias outras medidas preventivas, que vão da higiene à política de devoluções.

Com quase mil trabalhadores em Portugal, onde faturou 32 milhões de euros no ano de estreia, a empresa liderada por Juan Roig determinou que todos os colaboradores espanhóis em Portugal ou portugueses em Espanha voltam para casa e anunciou um prémio equivalente a 20% do salário bruto para todos os funcionários, "em reconhecimento do esforço" que está a ser realizado para manter as operações.

FONTE: Jornal de Negócios

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.