Portugal Exportador gerou oportunidades de negócio

03 dezembro 2018

O Portugal Exportador 2018, para além do habitual conteúdo informativo relativamente às dinâmicas e oportunidades de diferentes mercados de exportação, teve nesta edição um foco mais orientado para a real identificação e potenciação de oportunidades de negócio, com o objetivo de servir as necessidades dos participantes profissionais das pequenas e médias empresas, o "target" principal do evento.

Assim, o Portugal Exportador foi dividido em duas áreas, cada uma com conteúdos e abordagens distintas: a área free, com conteúdos mais informativos, e a área premium, com conteúdos mais vocacionados para a concretização de oportunidades de negócio.

Focado em quatro mercados – Angola, Espanha, Estados Unidos da América e China – e quatro clusters – agroalimentar, construção, e-commerce e automóvel -, o Portugal Exportador, realizado no passado dia 14 de novembro, reuniu durante 10 horas, no Centro de Congressos de Lisboa, 1.238 profissionais que participaram em workshops, cafés temáticos, consultoria e oportunidades de reuniões B2B com empresas e entidades à escolha.

Num inquérito realizado pela organização, 87% dos inquiridos manifestaram a sua satisfação com os conteúdos apresentados e 79% demonstrou a sua intenção de participar na próxima edição. O mercado de Angola mereceu a preferência dos inquiridos, seguido pelo mercado de Espanha, China e Estados Unidos da América. O cluster em debate mais valorizado foi o agroalimentar, seguido do e-commerce.

Do universo de inquiridos, 50% foi participante na área premium. 74% pretende participar na próxima edição, no mesmo modelo e recomendá-lo-á a outras empresas. Questionados sobre se o valor adjacente a esta modalidade gerou retorno, 58% respondeu afirmativamente e referiu que a decisão de participar no evento neste modelo gerou reais oportunidades de negócio. No total, na área premium, estimaram que o potencial de negócio, a realizar nos próximos 12 meses, tenha sido superior a sete milhões de euros.

Dos restantes inquiridos, que apenas visitaram a área free do evento, questionados sobre se a participação no Portugal Exportador gerou leads de negócio, 25% respondeu afirmativamente, estimando-se um potencial de negócio, nos próximos 12 meses, de mais de três milhões de euros. 15% desses inquiridos manifestou ainda a intenção de participar no modelo premium do evento na próxima edição. Somando-se os valores das oportunidades de negócio identificadas nos dois modelos, a 13.ª edição do Portugal Exportador terá gerado leads de negócio com potencial de 10 milhões de euros.

Na próxima edição do Portugal Exportador, por solicitação dos inquiridos, apostar-se-á ainda mais na presença de compradores internacionais, no reforço dos "web buyers" e ainda no aumento da participação de empresas expositoras.

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline