Europa sustenta as vendas da Bel

28 maio 2018

O grupo francês Bel concluiu o primeiro trimestre com uma faturação de 813 milhões de euros, menos 1,1% que no mesmo período do ano anterior. Excluindo o impacto negativo das divisas, estimado em 48 milhões de euros, as vendas orgânicas da empresa aumentaram 4,8% no período analisado.

Na Europa, as vendas do grupo detentor de marcas como Babybel ou A Vaca que ri somaram 446 milhões de euros, 1,3 mais. No Médio Oriente e África, o negócio contraiu 3,1%, para os 193 milhões de euros, e na América e Ásia-Pacífico caiu 4,6%, para os 174 milhões de euros.

A empresa de lacticínios reconhece que, à medida que o ano avança, a gestão das operações continua a ser complicada. Na base deste cenário está a reestruturação da distribuição alimentar na Europa, a incerteza económica e geopolítica e a volatilidade das divisas. Por outro lado, no primeiro trimestre, os preços das matérias-primas mantiveram-se em níveis historicamente elevados. “A Bel continua a confiar nas suas perspetivas de crescimento, em todos os seus territórios, impulsionada pela sua excelência operativa, a distribuição geográfica favorável das suas atividades, a relevância dos seus produtos nos mercados e a força das suas marcas”, diz em comunicado.

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.