Governo ainda sem previsões do encaixe com nova taxa sobre lucros

24 novembro 2022

É apontada para durar dois anos, para financiar apoios a famílias e pequenos negócios mais afetados pela inflação, mas o Ministério das Finanças não consegue ainda avançar com uma estimativa "fiável" e "prudente" do valor que irá arrecadar. Setor da distribuição alerta para riscos da medida, mas descarta, para já, ida para tribunais. Energia mantém-se em silêncio.

O governo já apresentou a proposta de lei da taxa sobre os lucros extraordinários e até adiantou o destino pretendido para a receita, mas ainda não sabe qual o valor que vai encaixar com este imposto. A contribuição extra sobre os resultados das empresas de energia foi acordada a nível europeu, mas o executivo de António Costa foi mais longe ao incluir também o setor da distribuição alimentar na windfall tax. O Ministério das Finanças, porém, não consegue avançar com uma estimativa "fiável" e "prudente" do valor que irá arrecadar, cuja receita servirá para financiar medidas de apoio a famílias e empresas mais atingidas pelos preços altos da energia e dos bens alimentares.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Dinheiro Vivo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.