Cabaz de alimentos subiu 25,85€ com a guerra. Laticínios e carne lideram

14 novembro 2022

Os laticínios e a carne são as categorias com os maiores aumentos nos últimos nove meses, de 20,68% e 20,46%, respetivamente, segundo a DECO Proteste.

Um cabaz de bens alimentares essenciais custa, atualmente, 209,48 euros, mais 25,85 euros (14,08%) do que antes da guerra, de acordo com a monitorização semanal de preços da DECO Proteste. Os laticínios e a carne são as categorias que lideram.

"Entre 23 de fevereiro, véspera do início do conflito armado na Ucrânia e data em que iniciámos esta análise, e 9 de novembro, o cabaz alimentar já aumentou 25,85 euros (mais 14,08 por cento). Os laticínios e a carne são as categorias com os maiores aumentos nos últimos nove meses, de 20,68% e 20,46%, respetivamente", pode ler-se no comunicado da DECO.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Notícias ao Minuto

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.