Governo descarta descida do IVA do cabaz essencial de bens alimentares

24 outubro 2022

O ministro das Finanças, Fernando Medina, descartou hoje uma descida do IVA do cabaz essencial de bens alimentares, justificando que não teria condições de assegurar que o benefício chegaria às famílias, tencionando também manter a abrangência da tarifa social.

A posição de Fernando Medina foi transmitida hoje durante uma audição na Comissão de Orçamento e Finanças (COF), no parlamento, sobre a proposta do Orçamento do Estado para 2023 (OE2023).

O governante foi questionado pela deputada única e líder do PAN, Inês Sousa Real, se o executivo estaria disposto a viabilizar a proposta que o partido irá apresentar na especialidade para descida do IVA do cabaz alimentar de produtos essenciais.

“Não teremos espaço para aprovar porque fizemos amplo debate sobre este tema”, afirmou Fernando Medina, concluindo que não teria “condições de assegurar que esse benefício chegaria às famílias via reduções dos preços”.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: MadreMedia / Sapo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.