Consciência do consumidor em relação ao desperdício alimentar mais do que duplicou

21 junho 2022

Mais de 90% dos consumidores preferem marcas que estão a tomar medidas para reduzir o desperdício alimentar, enquanto três quintos (60%) dos consumidores se sentem culpados por desperdiçar alimentos, descobriu um novo estudo da Capgemini.

De acordo com o estudo, “Reflect. Rethink. Reconsider. Why food waste is everybody’s problem”, a consciência dos consumidores em relação ao desperdício alimentar mais do que duplicou nos últimos dois anos, uma vez que o aumento dos preços dos alimentos, os desafios da cadeia de abastecimento, a pandemia e as preocupações com a sustentabilidade estão a ter impacto no comportamento dos consumidores.

O estudo concluiu que, atualmente, 72% dos consumidores estão conscientes da sua pegada de resíduos alimentares, em comparação com apenas 33% antes de 2020. Além disso, cerca de 61% dos consumidores querem que os retalhistas e as marcas façam mais para resolver este problema.

Constatou também que os consumidores já estão a estudar formas de reduzir o seu desperdício alimentar. Tem havido um crescimento de 80% de ano para ano na procura de métodos para aumentar a vida dos produtos alimentares. A poupança de custos (56%), as preocupações com a fome no mundo inteiro (52%) e as alterações climáticas (51%) são as principais razões que contribuem para esta mudança.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.