59% das PME portuguesas está mais dependente da tecnologia depois da pandemia

20 maio 2022

O estudo “Pequenos negócios, grandes oportunidades?” da Sage, no qual se quis compreender os impactos da Covid-19 nas Pequenas e Médias Empresas (PME) e o quanto foram afetadas a nível tecnológico, revelou que 59% das empresas portuguesas inquiridas considera estar mais dependente de tecnologia, após a pandemia.

Por outro lado, face a este cenário tecnológico em constante crescimento, para 11% das PME, a falta de competências digitais foi uma das principais barreiras que impactou o negócio, nos últimos 12 meses.

Contudo, as empresas inquiridas revelam-se bastante otimistas quanto ao futuro: 68% está confiante quanto à melhoria das capacidades digitais da sua equipa, ao longo do próximo ano, e 59% sente-se mais preparado, agora, para lidar com novas tecnologias.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Revista Grande Consumo

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.