Há frustração à primeira vista do lado da AEP

13 outubro 2021

“Do que se sabe até ao momento, não há uma estratégia clara e integrada, com medidas concretas para recuperar a atividade económica, melhorar a competitividade da economia portuguesa e relançar e reorientar o investimento”, alerta Luís Miguel Ribeiro, presidente da Associação Empresarial de Portugal. E há a sombra dos preços da energia a pairar.

A análise cuidada da proposta de Orçamento do Estado para 2022 ainda terá de ser feita, mas a AEP- Associação Empresarial de Portugal já tem algumas opiniões formadas a partir do que se foi conhecendo sobre o documento nos últimos dias. E, no momento em que o ministro das Finanças, João Leão, entrega o orçamento na Assembleia da República, Luís Miguel Ribeiro, presidente da associação patronal admite que as suas expetativas, agora, são “francamente mais baixas” do que há algum tempo atrás.

Para continuar a ler esta notícia, clique aqui

FONTE: Expresso

 

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.