Governo corta IRC das empresas que invistam e dá mais abono de família

07 outubro 2021

O Governo terá incentivos fiscais para empresas que invistam em 2022, no âmbito do próximo Orçamento do Estado: vão pagar menos IRC. Além disso, haverá apoios específicos para jovens, com menos IRS, e para famílias com filhos, com aumento da dedução específica por cada um e mais abono.

Ao JN, João Paulo Correia, "vice" da bancada do PS, destacou esta quarta-feira que, para além do anunciado alívio de IRS para as classes médias via desdobramento dos escalões, o Orçamento do Estado (OE) de 2022 terá incentivos ao investimento público e privado, e também outros apoios dirigidos à classe média, aos jovens e às famílias com filhos.

Está previsto também o prolongamento do programa IRS Jovem (com menos 30%, depois 20% e, por último menos 10% deste imposto, ao longo de três anos). E haverá ainda medidas protecionistas com aumento da dedução específica por filho e do abono de família.

Fundos não usados e verbas do PRR
Para promover o investimento público e privado, que os socialistas apontam como prioridade deste novo orçamento, haverá apoio através do "overbooking" (fundos não utilizados) do Portugal 2020 e também através do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

O Governo estuda ainda o aumento das pensões mais baixas. E o PS quer igualmente manter a proteção do emprego, o lay-off simplificado e o apoio à retoma progressiva.

Certo da viabilização do próximo OE, apesar do "grau de dificuldade", o deputado socialista destacou ainda os fundos nacionais, através da receita dos impostos do Orçamento que irá "incrementar o investimento público e apoiar bastante as empresas que queiram reforçar o investimento para o próximo ano".

O PS esteve reunido com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão, e com o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, após os governantes terem recebido, "ao abrigo do Estatuto do Direito de Oposição", os partidos e as deputadas não inscritas no Parlamento para apresentar as linhas gerais do OE de 2022.

FONTE: Jornal de Noticias

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Seg. Ter. Qua. Qui. Sex. Sáb. Dom.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Próximos Eventos

Não existem eventos programados!

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.