Actividade dos serviços desacelera ligeiramente em Agosto

12 outubro 2017

O volume de negócios nos serviços cresceu 5,8% em Agosto, um mês em que as remunerações aumentaram mais do que o emprego e o volume de trabalho.

A actividade do sector dos serviços em Portugal desacelerou ligeiramente em Agosto, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta quarta-feira, 11 de Outubro.

O índice que mede o volume de negócios neste sector cresceu 5,8%, em Agosto, face ao mesmo mês do ano passado, um ritmo inferior ao registado no mês anterior (6%).

Esta subida foi proporcionada sobretudo pela evolução positiva do comércio por grosso, reparação de veículos automóveis e motociclos e transportes e armazenagem. As actividades de consultadoria, científicas, técnicas e similares apresentaram a desaceleração mais significativa, passando de um crescimento de 21,4% em Julho para 16% em Agosto.

Em termos mensais, o volume de negócios aumentou 0,2% em Agosto, após uma descida de 2,2% em Julho.

No mês em análise, as remunerações cresceram acima do emprego. Os dados do INE mostram que o índice de emprego e o volume de trabalho (medido pelo número de horas trabalhadas) subiram 3,7%, enquanto as remunerações efectivamente pagas aumentaram 4,9%.

FONTE: Jornal de Negócios

Associadas

Parcerias

Objectivos

‘‘Os objectivos da ANIL centram-se na defesa dos interesses e representação do sector, no acompanhamento das matérias legislativas, normativas, ambientais, económicas e técnicas que contribuam para o desenvolvimento da indústria láctea em Portugal...

Calendário

Redes Sociais

Top
ATENÇÃO: Este site apenas usa os cookies para lhe facilitar a navegação enquanto utilizador.
Saiba mais sobre cookies OK Decline